Viver com alguém que amamos às vezes pode ser bastante conflituoso. Então, passar pelo menos oito horas do dia com pessoas que não aguentamos é um verdadeiro desafio. Esse tipo de situação geralmente pode acontecer no local de trabalho, e todas as reclamações subsequentes vão diretamente para Recursos Humanos (RH).
Embora o trabalho real do RH não seja impedir os trabalhadores de se atacarem, às vezes, é exatamente isso que ele faz. Agora é a hora de colocar de lado as perguntas sobre salário ou problemas reais na empresa. Os funcionários de RH geralmente precisam lidar com reclamações e solicitações absurdas. Isso inclui pessoas querendo que eles façam seu trabalho por elas e até brigas por comida!
ABSORVENTES PARA HOMENS

Cook Serve Delicious 3
Sunday February 16, 2020

Cook, Serve, Delicious! 3?! Game – Overview – Free Download – PC – Compressed – Specs – Screenshots – RIP Type of game: Action, Simulation, Strategy PC Release Date: January 29, 2020 Developer/Publishers: Vertigo Gaming Inc. Cook, Serve, Delicious! 3?! (1.1 GB) is an action, simulation, strategy video game. Developed and published by Vertigo Gaming …

The post Cook Serve Delicious 3 appeared first on Bwin 365.

Um dos gerentes de produção nos informou uma vez que um mecânico havia apresentado uma queixa. A razão era que ele achava que não era justo que houvesse máquinas de absorventes grátis apenas nos banheiros femininos. Ele ficou chateado porque não havia nenhum no banheiro masculino!
Quando pedimos uma explicação, descobrimos o motivo. O funcionário tinha hemorróidas e usava absorventes internos durante as crises. Por fim, não instalamos máquinas de absorventes internos nos banheiros masculinos e tentamos não pensar nisso desde então.
AS VOZES ME DISSERAM

Aim Trainer Pro
Tuesday February 11, 2020

Aim Trainer Pro Game – Overview – Free Download – PC – Compressed – Specs – Screenshots – RIP Type of game: Action, Simulation, Sports, Shooting PC Release Date: January 25, 2018 Developer/Publishers: DanD Aim Trainer Pro (156 MB) is an action, simulation, sports, shooting video game. Developed and published by DanD. It was released …

The post Aim Trainer Pro appeared first on Bwin 365.

Segundo a queixa de um homem, três mulheres diferentes estavam constantemente o assediando no trabalho. Ele nos informou os nomes dessas pessoas, e eu pensei que seria um assunto direto. Fiquei muito surpreso ao descobrir que não havia ninguém com esses nomes na empresa. Portanto, conversei com o funcionário novamente para ver o que estava acontecendo. As coisas não estavam ficando mais claras. O maior choque ocorreu quando perguntei a ele quais meios de comunicação essas mulheres usavam.
Como se fosse a coisa mais normal do mundo, ele me disse que elas falam com ele por telepatia. Além disso, ele quase me olhou com condescendência enquanto falava. Não consegui acreditar no que estava ouvindo. Eu tive que enviá-lo para uma avaliação mental, e é muito provável que o diagnóstico tenha sido esquizofrenia. Ele estava denunciando as vozes em sua cabeça.
TOTALMENTE DESCALÇO

AO Tennis 2
Saturday February 08, 2020

AO Tennis 2 Game – Overview – Free Download – PC – Compressed – Specs – Screenshots – RIP Type of game: Sports PC Release Date: January 9, 2020 Developer/Publishers: Big Ant Studios/Bigben Interactive AO Tennis 2 (14 GB) is a sports video game. Developed and published by Big Ant Studios/Bigben Interactive. It was released …

The post AO Tennis 2 appeared first on Bwin 365.

Um dos funcionários do escritório andava descalço pelo andar inteiro. A parte desagradável é que ele ia ao banheiro do escritório sem sapatos também. O funcionário que se queixou achou isso muito nojento e, para ser sincero, eu também. Eu não tinha outra opção a não ser resolver o problema criando um código de vestimenta para toda a empresa. Felizmente, isso fez a pessoa parar com esse hábito desagradável.
UMA ARTISTA DE BANHEIRO

Minha mãe é uma veterana que trabalha no departamento de RH. Ela tem todo tipo de história. Durante um desses anos, ela enfrentou um problema desconcertante. Havia uma mulher que estava manchando as paredes do banheiro com fezes.
Ela até tinha um sistema de organização e mudava o dia em que fazia isso toda semana. Ela provavelmente tinha alguns problemas de saúde mental, mas foi demitida assim que a descobriram.
UMA SITUAÇÃO UM POUCO CONFUSA

Eu sou médico e fui eu quem fez a queixa. Uma paciente estava pronta para voltar para casa e estava preocupada com a remoção de seus fluidos intravenosos. Ela acreditava que era exatamente isso que a mantinha viva quando, na realidade, ela apenas estava com um resfriado comum. No entanto, como tem plano de saúde, ela decidiu ir ao centro médico, já que era seu direito.
Eu disse a ela que não havia problema em tirar o fluido. Afinal, tudo o que havia na bolsa era água salina normal. Por algum motivo, meu uso dessa expressão a levou a registrar uma reclamação. Recebi um aviso no qual dizia que eu precisava usar os termos médicos corretos. Isso significa fluidos intravenosos em vez de água salina. Uma situação um pouco confusa e absurda.
ESSAS BOTAS FORAM FEITAS PARA TRABALHAR

Primeiramente, preciso explicar a situação. A empresa onde trabalho tem funcionários de loja e motoristas de entrega. Eles encomendam sapatos especiais – botas específicas – para os motoristas, porque eles precisam ir às obras. No entanto, os funcionários da loja não recebem um calçado da empresa e precisam usar suas botas, desde que respeitem o código.
Um dia, a empresa contratou uma motorista e deu para ela o menor tamanho de botas. No entanto, as botas não eram do tamanho certo para ela. Vendo isso, um dos motoristas de meio período sugeriu que a gerente assistente da loja as experimentasse. Elas couberam como uma luva. Ela disse, então, que iria levar as botas para casa, e realmente levou. Quando o gerente soube da história, ele não teve nenhum problema, pois ninguém usaria as botas de qualquer maneira e a empresa não poderia fazer devolução. No entanto, ele especificou que ela não poderia usá-las para trabalhar. Isso seria ruim para a empresa, pois os funcionários de dentro da loja não tinham botas encomendadas. Ela argumentou que foi a motorista quem lhe deu as botas. O gerente insistiu, e parecia que ela havia entendido a ordem.
Para a surpresa do gerente, ele a encontrou usando as botas no trabalho novamente. Ela tentou explicar que não queria usar suas botas fofas para o trabalho e que aquelas encomendadas eram perfeitas. Depois que ele insistiu no fato de que ela não podia fazer aquilo, ela passou por cima de sua ordem e mandou um email para o chefe do seu gerente! O chefe ficou muito chateado e ligou para ela, explicando que a atitude dela dá motivos para demiti-la. Ele a explicou por quê essa não era uma opção viável e até organizou uma reunião com o gerente para consolidar ainda mais a ordem.
Ela entendeu isso como um ataque conjunto contra ela e foi até a gerência regional de RH para denunciar o gerente e o chefe. O tiro saiu pela culatra completamente, pois eles acabaram mandando uma advertência para ela. Claro, ela considerou a situação toda como uma grande injustiça. Ela não está mais na empresa, mas nunca pensei que um simples presente pudesse causar tantos problemas.
POLÍTICA DE FEZES

Alguém enviou uma queixa afirmando que as mulheres não deveriam fazer ‘o número dois’ no trabalho. O motivo é porque o banheiro ficava fedendo. O mais absurdo é que tivemos que passar duas horas se reunindo com os gerentes conversando sobre fezes. Eu gostaria de poder apagar esse dia da minha memória.
Outro evento bizarro foi quando encontramos uma vaca morta em nossa lata de lixo. Tivemos sorte que nenhum ativista dos direitos dos animais apareceu. Nós nunca soubemos se tinha sido um funcionário ou alguém nas proximidades do escritório, e isso causou grandes dores de cabeça para o RH.
PREGUIÇOSO DEMAIS PARA TRABALHAR

Temos o cara absurdamente preguiçoso que trabalha em nosso departamento de produção. Ele começou a mandar reclamações para o RH o tempo todo. Uma vez, contratamos um novo líder para a equipe. Como costuma acontecer na contratação de um novo gerente, ele queria mostrar do que era capaz, então começou a pressionar as pessoas a trabalharem um pouco mais. Um dia, ele encontra o funcionário preguiçoso, que estava enchendo as geladeiras de maçãs. O trabalho dele era trocá-las de lugar durante o dia, mas ele nunca fazia corretamente. O novo líder pergunta o motivo, e o funcionário preguiçoso mente. O líder o chama afirmando que as maçãs de cima estão frias e as inferiores estão quentes. Se ele os estivesse trocando de lugar na geladeira, isso não aconteceria. É óbvio que ele estava tentando enganar os outros funcionários. O preguiçoso simplesmente fugiu para denunciar ele para o RH. Eles não podiam fazer nada a respeito, pois não era uma reclamação legítima! Eles apenas o ignoraram, como deveria ser.
Outro dia, ele estava limpando a orelha no meio da loja. Quando um cliente viu, mandou uma reclamação. O funcionário teve a coragem de reclamar com o RH, dizendo que era um problema de saúde, já que seu ouvido estava coçando. Eles tiveram que explicar pacientemente a ele que, quando isso acontecesse, ele deveria ir ao banheiro e lavar as mãos depois. Ele parece ter esquecido que trabalha com comida.
ESSE NÃO É O TRABALHO DELE

Essa é uma reclamação sobre uma pessoa do RH. Uma vez fui chamado ao setor do RH e, para minha surpresa, vejo um dos meus funcionários lá com um olhar espantado. Quando pergunto o que está acontecendo, a mulher do RH começa a dizer que meu funcionário tem um problema com as mulheres e que ele é desrespeitoso com elas. Foi um longo discurso sobre o quão horrível meu funcionário era. Fiquei surpreso, pois ele é meu melhor desenvolvedor de software e nunca ouvi nenhuma reclamação sobre ele.
Por acaso, tudo começou porque ela pediu que ele fizesse uma planilha para ela. A planilha precisava ter as fórmulas que a ajudariam a fazer seu trabalho. Ele a avisou que precisava focar em seu trabalho, tendo um prazo curto para terminá-lo. No entanto, ele poderia ter dado a ela as informações básicas para ela montar a planilha sozinha. Essa foi a raiz de tudo.
Tudo o que fiz foi enviar meu funcionário de volta para seu escritório. Além disso, avisei o RH que ela não deveria ligar para desenvolvedores de TI ou de software para criar suas planilhas. Esse é o trabalho dela. Em vez disso, dei uma sugestão de alguns recursos para ela melhorar seu conhecimento em Excel. A situação toda foi vergonhosa.
O BANHEIRO DO CACHIMBO

Esse foi hilário. Um dia, o diretor de RH entrou no banheiro feminino e ficou surpreso ao encontrar um cachimbo lá. Bem ali, à vista de todos. Por acaso, uma das funcionárias tem um vício, e ela simplesmente trouxe seu cachimbo depois que foi contratada. Quando isso foi descoberto, ela ainda exigiu que a permitissem usar o banheiro para fumar. No entanto, eles conseguiram chegar a um acordo, e agora ela pode fazer uma pausa e visitar o local do cachimbo quando sentir necessidade.
Levando em consideração que eu trabalho na Ucrânia, aqui, os especialistas em TI são muito procurados. Isso permite que eles façam qualquer tipo de solicitação absurda. Eu os ouvi reclamando sobre coisas como o elevador não ter ar-condicionado ou o fato de que eles não gostam dos pratos em que sua comida é servida.
DOIS GRAUS DE SEPARAÇÃO

O prédio onde minha mãe trabalha é feito de concreto. Apesar disso, há uma mulher que mantém a temperatura a 21°C no verão. Embora durante a maior parte do ano o clima nessa área esteja entre 26 e 32°C, a temperatura pode atingir 40°C durante os meses de verão. Isso é agravado pela umidade. No entanto, graças ao material de concreto do edifício, ele tem uma sensação de frio por dentro, ainda mais frio do que os 21°C que a senhora define. Além disso, cada cubículo recebe uma abertura de ar própria. Às vezes, quando visito minha mãe, vejo-a vestindo roupas absurdas de quentes no meio do verão. De jaquetas a lenços, e às vezes até luvas. Uma vez, minha mãe girou o termostato a 22°C depois que a senhora foi almoçar. Ela só queria estar em uma temperatura um pouco mais decente e não ficar tão desconfortável.
Bem, a raiva dessa mulher quando voltou do almoço era bem grande. Ela começou a gritar e reclamar que eles simplesmente iriam derreter porque estava tão absurdamente quente. Além disso, ela foi até o chefe para reclamar sobre a situação toda, que foi simplesmente ignorada por ser tão ridícula. Ela então começou a denunciar a questão ao RH. Quando minha mãe foi chamada por isso, ela ficou com medo. No entanto, tudo acabou sendo uma sessão de risos entre ela e o funcionário de RH. Ambos acharam a situação irracional.
ABSURDO DUPLO

Extrapolei minha carga compartilhada de coisas sem sentido ao lidar com problemas de RH. Uma delas foi o fato de alguém ter denunciado a empresa porque não pagamos horas extras a ele. Ele trabalhava apenas 35 horas por semana para mim. No entanto, ele achava que tinha direito a horas extras porque estava trabalhando 20 horas em outro local também. Mas isso não significa que a minha empresa deve pagar hora extra para ele. Eu perdi horas da minha vida mostrando para os advogados os quadros de horários dos últimos três anos.
Outra coisa absurda foi quando um dos meus funcionários cometeu o mesmo erro repetidamente. Era algo muito simples. No começo, pensei que talvez tivesse sido um fracasso da minha parte por treiná-lo incorretamente. Portanto, eu sempre mostrava a ele a maneira correta de fazer as coisas toda vez que ele fazia algo incorretamente. Eu esperava até ficarmos sozinhos para não aumentar sua ansiedade ou ele se constranger por ter testemunhas por perto. Ele decidiu me denunciar por tratá-lo com grosseria. Ele afirmou que eu o diminuía e o fazia se sentir mal. Eles não o levaram a sério, e eu comecei a enviar avisos para ele em vez de corrigi-lo. Ele se demitiu pouco depois.
GASTOS IRRESPONSÁVEIS

Eu tenho duas histórias muito boas aqui. A primeira foi de alguém que reclamou dos porta-rolos do banheiro. Segundo essa pessoa, os papéis higiênicos foram colocados muito baixos. Portanto, ela batia neles com os joelhos quando sentava na privada. Mandamos os porta-rolos serem levantados 8 polegadas e não houve mais queixas. Esse é o objetivo do RH.
No entanto, a história mais engraçada foi de uma senhora que enviou uma reclamação porque alguém recebeu uma TV dos correios em seu escritório, em vez de mandar entregar em sua casa. A denúncia afirmava que eram gastos irresponsáveis ​​da parte deles.
AMOR DEMAIS

Uma mulher fez uma queixa porque um funcionário mais jovem não havia aceitado seu abraço. Quando perguntei a ele sobre isso, ele me disse que não queria ser abraçado naquele momento.
Eu tentei fazer essa senhora de meia idade entender que abraçar alguém que não quer um abraço não é apropriado. Apesar disso, ela continua pensando que estava certa e que nós estávamos errados.
UM CHEIRO QUE EU QUERO ESQUECER

Eu fazia parte da equipe de gerenciamento que tinha que se reunir com o RH quando havia discussões sobre os funcionários. Uma queixa constante era sobre o cheiro de um funcionário. Nós acreditamos firmemente que ele nunca tomava banho, e suas roupas estavam sempre sujas. O cheiro era muito ruim. Além disso, a empresa era um call center de vendas. Portanto, tínhamos 200 pessoas em uma sala junto com esse funcionário. As pessoas reclamavam mesmo sentadas do outro lado da sala.
Tivemos que ter uma conversa dolorosa sobre isso com ele sentados do outro lado da mesa. A pior parte da história toda não era o constrangimento do assunto, mas o cheiro do sujeito. Enquanto conversávamos com ele, ele explicou que não tinha ideia do funcionamento de uma máquina de lavar, então não lavava as roupas. Além disso, ele disse que só tomava um banho semanal e não usava nenhum produto de higiene. Ele acreditava que sabão e xampu poderiam causar câncer. Nós o informamos que ele precisava melhorar sua higiene para continuar trabalhando conosco. Ele foi demitido menos de um mês depois disso.
O BICHO PAPÃO

Uma das coisas mais desagradáveis ​​que vivenciei foi quando trabalhava como gerente de varejo. Alguém ficava limpando seus melecas nas paredes do banheiro masculino. Eu suspeitava de quem poderia ser. Havia um cara que sempre cheirava a fezes e coisas molhadas mofadas. Além disso, ele passava muito tempo dentro do banheiro. Isso não era bom para os negócios e os ganhos da loja.
Depois de fazer algumas investigações, eu consegui reduzir a lista de suspeitos para apenas três pessoas. Essas eram as pessoas que estavam lá no trabalho quando as melecas apareceram. Eu tive uma reunião com os três e disse a eles que quem estava fazendo essa arte no banheiro estava sem dúvida na sala e que isso precisava parar. Felizmente, funcionou. No entanto, menos de um mês depois, encontramos fezes na lixeira.
IMPOSSÍVEL AGRADAR TODO MUNDO

As pessoas o tempo todo me pediam mais horas no trabalho. Embora nem sempre houvesse horas para eles em seus departamentos, eu os acalmava oferecendo horas em outro departamento. Quando o próximo cronograma era emitido, eles diziam que agora tinham horas demais. Então tive que diminuir as horas, e eles voltaram novamente para reclamar da falta de trabalho.
Eu tentava argumentar com eles, lembrando-os apenas da semana anterior, quando eles reclamavam de ter horas demais. Mas eles insistiam em querer 35 horas. Juro que tentei o meu melhor, pois entendo que as pessoas precisam de dinheiro. Mas mesmo quando eu conseguia dar a eles 30 horas, eles reclamavam de ter horas demais. Eu parei de tentar conversar para manter minha sanidade.
MÁQUINA MORTÍFERA

Havia um cara que gostava de irritar as pessoas e tornar a vida de todos desconfortável. Uma vez, ele me denunciou ao RH porque eu tinha um brinquedo em forma de catapulta na minha mesa. Era para atirar mini marshmallows. A única coisa que eu podia fazer era matar alguém de má nutrição.
Segundo ele, era uma arma e, claro, o RH ficou muito preocupado. Depois que expliquei o que realmente era, eles me disseram para levá-lo para casa. Eu obedeci, mas esse cara tem alguns problemas sérios.
ESCONDENDO OS BENS

Minha esposa trabalha no RH, mas em um ambiente onde tudo é feito principalmente por telefone. Um dos motivos mais comuns para ela receber ligações é para ser questionada sobre a folha de pagamento. Uma das ligações mais estranhas que ela recebeu foi sobre esse cara que queria dividir sua renda. Ele queria que uma quantia consistente fosse para uma conta e o restante para uma conta diferente. No entanto, como ele foi pago com base em comissões, isso não era possível.
Ele então explicou à minha esposa, que estava chocada, que ele precisava fazer isso para esconder sua renda da namorada, quem ele estava planejando deixar. Ele temia que ela o matasse se soubesse que ele estava recebendo mais dinheiro. Claro, minha esposa disse para ele ligar para a polícia. Algo que muitas vezes acontece também é que as pessoas com problemas de abuso de substâncias ligam e dizem abertamente que precisam ser pagas para que possam comprar suas substâncias. Bem diretos, dessa forma.
TERRIVELMENTE ENGANADO

Certa vez, uma funcionária apresentou uma queixa contra um dos funcionários do sexo masculino, porque ele fez avanços não solicitados após o retorno de um almoço em equipe. Ele a abordou de forma bastante agressiva no carro, assim que chegaram ao estacionamento.
Ela fugiu e o denunciou. Quando o chamamos para contar sua história, ele admitiu abertamente a coisa toda. No entanto, ele afirmou que ninguém podia fazer nada porque a história toda aconteceu no estacionamento. Ele estava muito errado. Eu amo finais felizes.
MENTIRAS ABSURDAS

Uma garota se tornou uma das maiores dores de cabeça para mim como chefe de RH da minha empresa. Ela queria registrar uma queixa contra uma dos contadoras porque ela estava fungando muito alto. Ela estruturou tudo no contexto de uma situação tóxica de trabalho que nos fez a levar a sério sua reivindicação até descobrirmos o que realmente era. Por acaso, essa contadora estava com um resfriado comum. Não havia razão para ela voltar para casa, e ela não tinha dias de folga. Além disso, o cubículo dessa garota ficava do outro lado da sala, bem longe da contadora resfriada. Como isso poderia incomodá-la, nunca entendemos completamente. Informamos que ela não deve registrar queixas sem uma base sólida.
Depois, ela apresentou uma queixa contra um dos vendedores. Ela disse que ele a estava assediando. Como é de se imaginar, levamos isso muito a sério. Quando chegamos ao final da situação, ele apenas estava sentado de uma maneira que ocupava muito espaço. Isso é conhecido comicamente como “manspreading”.
Finalmente, ela reclamou que estávamos a discriminando. Ela havia solicitado o cargo de chefe de contabilidade, que tinha acabado de ficar disponível. Fiz parte da entrevista, pois eles queriam alguém do RH, além de um contador e o gerente geral. Ela teve um desempenho terrível durante a entrevista, motivo pelo qual não conseguiu o emprego. Sua história no escritório também não a ajudou. Acabamos contratando alguém de uma filial diferente. Ela reclamou de discriminação e depois começou a roubar propriedade do escritório.
Essa foi a gota d’água e tivemos que demiti-la. Ela tentou nos processar e alegou que a demitimos porque ela era lésbica. Não tínhamos ideia de que ela era lésbica. Ela até nos apresentou ao namorado uma vez. Talvez nem seja verdade, mas tentamos não pensar mais nisso.
A TRAGÉDIA DO MUFFIN

Uma das meninas do trabalho era apaixonada por muffins. Portanto, ela comprava mini muffins e os trazia para o trabalho, 12 muffins de cada vez. No entanto, ela os colocava no balcão de compartilhar alimentos sem seu nome ou qualquer coisa que indicasse que era dela. Até esse momento, toda a equipe estava ciente de que os muffins eram dela.
Infelizmente, uma nova garota não sabia e acabou fazendo besteira. Ela comeu um dos muffins e quando a dona percebeu, era como olhar para uma tragédia grega. Ela gritava, chorava e ainda fez um drama terrível com a história toda. Ela até ameaçou a garota fisicamente. Quando ela apresentou sua queixa para mim, ela fez parecer que a menina havia assassinado alguém, quando na verdade ela só comeu um bolinho.
OUSAMOS OFERECER FÉRIAS PARA ESSE FUNCIONÁRIO

Há pouco tempo, percebemos que um dos meus funcionários não havia tirado férias suficientes nos últimos anos. O RH informou que ele tinha que tirar pelo menos 10 dias no ano seguinte para não haver abertura para processo. Ele seria pago até mais do que o normal por causa do erro que havia ocorrido. Portanto, ele poderia tirar duas semanas de folga e até ficar em um hotel bem chique, ou apenas tirar um dia de folga por semana durante 10 semanas. Dependia inteiramente dele.
O funcionário, por algum motivo, ficou furioso. Começou gritando que conhecia seus direitos e berrou comigo mesmo que eu fosse seu chefe direto, e ainda reclamou com o gerente geral. Isso tudo foi um absurdo. Ele estava reclamando porque tinha que tirar férias remuneradas. Ele estava concorrendo a um aumento anual, mas com as informações que estou registrando sobre seu comportamento não profissional e seu desrespeito, acho que ele não conseguirá. Ele que perde.
UMA SITUAÇÃO RUIM

Essa deve ser uma das coisas mais desconfortáveis ​​com que o RH da empresa teve que lidar. Alguém que trabalhava no escritório estava doente e ele tinha uma condição séria. A doença fez ele defecar nas calças enquanto estava trabalhando. Foi uma situação bem ruim, mas ninguém disse nada porque nos sentimos mal pelo cara. Ele estava doente, afinal. No entanto, ele parecia não se importar muito, e andava enquanto defecava nas calças, deixando pedaços de fezes por toda parte. O escritório havia se tornado uma mina terrestre de seus dejetos.
As pessoas começaram a usar seus telefones para tirar fotos do que ele deixava pelo chão para mostrá-las ao RH. Eventualmente, eles tiveram piedade do cara e de nós, e decidiram que era melhor ele receber alguns dias de folga por doença.
SMELLY CAT, SMELLY CAT

Certa vez, recebi uma reclamação sobre um funcionário que cheirava tão mal que ninguém queria estar perto dele enquanto trabalhava. Era como uma mistura de chulé e frango podre.
Minha ação foi mostrar alguns fundamentos de higiene para os funcionários. Eu criei uma apresentação para todo o andar, porque não seria interessante falar diretamente com ele. Depois de um tempo, vi que ele até cortou o cabelo. Deve ter funcionado.
MODA ANTES DO TRABALHO

A gerência me deixou com muita dor de cabeça quando decidiram reduzir o número de impressoras em todo o escritório. Em seguida, eles decidiram implementar locais estratégicos centrais ao redor do andar para as pessoas imprimirem e conseguirem suas cópias. Após essa mudança, eu descobri que as pessoas relacionam fortemente seu sucesso e importância a ter uma impressora em seu escritório.
Uma assistente executivo apresentou uma reclamação ao RH por causa disso. Ela tentou explicar razoavelmente que, como sempre usava sapatos de salto alto, não podia andar o dia inteiro. Portanto, ela precisava da impressora dentro de seu escritório. A moda era sua prioridade.
ESPIRRAR É PROIBIDO

Isso é drama de RH. Eu fazia parte da equipe de RH, mas minha colega me odiava. Tudo começou porque ela estava torcendo por uma de suas amigas conseguir o cargo. Portanto, ela apresentava queixas absurdas sobre mim o tempo todo diretamente ao gerente. Uma vez, ela foi longe demais só porque eu espirrei uma vez. Eu nem estava resfriada. Ela fez uma birra e saiu do escritório.
Depois, o gerente ligou para me dizer que eu era muito barulhenta. Quando expliquei o que aconteceu, ele disse que me entendeu. Ela estava reclamando de mim todos os dias, então eles não acreditavam mais nas histórias. Felizmente, ela foi embora logo depois disso.
É MELHOR ESTACIONAR EM OUTRO LUGAR

Alguns colegas e eu fomos denunciados ao RH. Tínhamos um estacionamento muito grande no trabalho. No entanto, um dos funcionários comprou um carro novo, e ele pensou que isso o tornava melhor do que todos os outros. Ele estacionava longe do resto dos veículos. Ninguém se importava com isso até que ele começou a se gabar da sua BMW sofisticada, que na verdade nem era tão cara. Ele alegou que não tinha escolha a não ser estacionar longe, porque seu veículo não deveria estar próximo ao nosso. Começamos a estacionar propositalmente nossos veículos ao lado do dele apenas para provocá-lo. Ele não gostou nem um pouco disso.
O cara usava seus intervalos para mudar seu carro de vaga. E nós seguimos o exemplo e fizemos o mesmo para ficar perto dele novamente. Finalmente, ele apresentou uma queixa ao RH e causou um alvoroço por lá. Eles o informaram que ele não podia forçar as pessoas a não estacionar perto dele. No entanto, a senhora do RH gentilmente nos pediu para deixá-lo em paz, pois ele a estava deixando louca.
NINGUÉM QUER SER EXCLUÍDO

Nossa equipe de RH recebeu uma reclamação de um funcionário que se sentiu deixado de fora. Aparentemente, seus colegas enviavam imagens um para o outro e não compartilhavam com ele. No entanto, depois que ele registrou a queixa, os outros funcionários solicitaram que ela fosse ignorada. Foi isso que levantou bandeiras vermelhas para o RH.
Na verdade, as fotos nem eram apropriadas para o trabalho. Eles estavam usando seu tempo e equipamentos no trabalho para compartilhar coisas que não tinham absolutamente nada a ver com o escritório. Embora o funcionário simplesmente quisesse ser incluído, ele acabou denunciando o uso inadequado da tecnologia no local de trabalho.
UM NARIZ SENSÍVEL

Há algumas histórias chocantes que eu poderia contar. Uma das mais recentes – e absurdas – vou contar aqui. Recebi um e-mail de uma funcionária na qual ela me pediu para lembrar às pessoas que elas deveriam escolher sabiamente suas loções se tivessem algum fragrância muito forte. Ela disse que toda a sua sala cheirava a óleo marroquino. Eu não queria enviar esse e-mail porque já sabia o que fazer para resolver a situação. As pessoas ficariam super paranóicas e a ansiedade reinaria no ambiente porque todos iriam achar que estão cheirando mal, então eu precisaria tranquilizar a todos e passar horas do meu dia nisso. Portanto, pedi que ela me dissesse quem era a pessoa que estava cheirando mal e eu decidi lidar diretamente com isso.
Parecíamos cães de caça farejando o chão. O mais curioso foi quando descobrimos que o cheiro vinha da mesa dela. Ela não foi capaz de identificar a origem exata, então decidiu jogar a maioria de suas coisas fora.
O HOMEM QUE SABIA DEMAIS

Todo o departamento decidiu ter uma noite divertida. Eles saíram para jantar e depois tomaram algumas bebidas e até participaram de um desses pub quizzes. Todo mundo estava se divertindo, e o álcool estava fluindo livremente. Durante o pub quiz, um dos caras mostrou-se muito bem informado. Ele não tentou se destacar ou envergonhar ninguém, mas era óbvio que ele sabia mais do que os outros. Além disso, algumas pessoas estavam apenas dando respostas absurdas. Graças ao cara, o time ganhou o prêmio naquela noite.
Bem, o RH teve uma surpresa desagradável na manhã seguinte. Duas pessoas entraram com uma reclamação sobre esse funcionário, que estava fazendo com que elas se sentissem mal consigo mesmas. Além disso, elas disseram que ele fazia as pessoas parecerem burras só porque era viciado em livros. O gerente da equipe decidiu tomar uma medida ainda mais absurda do que a denúncia. Quando há saídas noturnas planejadas, ele dá ao pobre rapaz um trabalho extra. Dessa forma, ele não pode se juntar aos outros.
APENAS ABAIXE SUA VOZ

Certa vez, recebi um aviso do RH pela coisa motivo mais besta. Eu estava trabalhando em uma linha de embalagem e tínhamos regras rígidas. Era um bom dinheiro, mas se surgisse algum problema, precisávamos acender a luz que tínhamos em nossa estação para que o líder da equipe pudesse vir e verificar o que estava acontecendo. Isso ocorreu porque não estávamos autorizados a corrigir qualquer problema sozinhos. Então, quando vi que tinha um problema com a minha impressora, chamei meu líder. Afinal, eu já tive problemas antes por não fazer isso. Para minha surpresa, a luz também não estava funcionando. Como não podemos sair da linha, apenas gritei para o líder.
Aparentemente, alguém além de mim se incomodou com meus gritos e me denunciou no RH. Eu tive que ouvir uma longa conversa sobre não gritar no local de trabalho.
NÃO SE SABE A IDADE DELA

Isso ocorreu no departamento de relacionamento com o cliente. Tínhamos um gerente que decidiu motivar as pessoas à sua maneira. Eles chegaram cedo e amarraram um balão nas mesas dos funcionários que estavam acima da média quando se tratava de receber chamadas. Rapidamente, um dos funcionários com os piores registros de desempenho se queixou disso. Ela disse que era terrivelmente injusto. Dado o fato de ser um trabalho sindical, ela foi diretamente aos representantes e apresentou o balão como um bônus para a reclamação. De acordo com o contrato, todos os representantes devem ser tratados exatamente da mesma maneira. Não importa se eles estão dobrando o número de chamadas que estão recebendo ou se mal fazem o mínimo.
Eles lidaram com a coisa toda da forma errada. Devido à sua reclamação, eles determinaram que ela tinha que receber 30 minutos de folga nesse dia para negócios sindicais. Além disso, ela teve um dia  de folga grátis. Tudo o que fez foi declarar depois que não havia atingido o número mínimo de ligações por causa disso. Embora um advogado sindical possa ser muito útil às vezes, esse é um daqueles casos em que os sindicatos estão apenas piorando as coisas.
NÃO É EXATAMENTE A NOSSA MANEIRA DE FAZER AS COISAS

Uma vez, um funcionário simplesmente saiu pela porta e desapareceu por uma semana inteira. Ele simplesmente deixou uma pessoa com toda a carga de trabalho.
Depois, ele voltou. Ele teve a coragem de pedir que fizéssemos uma denúncia contra ele, como se o tivéssemos demitido, porque ele queria obter algum em seu banco, declarando desemprego. Ele tentou enganar as pessoas erradas.
ELA PRECISA SAIR EM BREVE

Algumas pessoas são muito pouco profissionais. Eu denunciei ao RH uma mulher que não estava fazendo seu trabalho. Trabalhamos com crianças, mas ela passa a maior parte do tempo mexendo nas redes sociais. As crianças podem estar chorando, e ela não se incomoda, pois está muito ocupada no  Facebook . Eu disse a ela de uma maneira muito educada que isso não era apropriado. A próxima coisa que sei é que o RH me chamou porque eu estava sendo rude com meus colegas de trabalho. No entanto, contei a eles o que realmente havia acontecido e eles a chamaram.
Ela não gostou de receber um aviso e fez um escândalo com a situação. Ela foi grosseira com seus colegas de trabalho e começou a gritar com o funcionário do RH. Além disso, notei que ela tentava sair com os pais das crianças. Ela também faz perguntas às crianças sobre por que sua família ainda não pagou sua mensalidade. As crianças não devem lidar com isso. Felizmente, ela está de aviso prévio. Pode parecer ruim, mas mal posso esperar para vê-la demitida.
VOCÊ NÃO PODE ENGANAR A CÂMERA

Minha esposa trabalha no RH há quase 20 anos. Seu trabalho é parte de uma grande cadeia de supermercados. As coisas ficaram complicadas quando um funcionário recebeu uma reclamação por simplesmente desaparecer no meio do turno. Ele foi chamado pelos auto-falantes pelos gerentes, mas só apareceu 30 minutos depois. Quando ele finalmente apareceu, não tinha desculpas para dar e agiu como se nada tivesse acontecido. Ele não gostou de receber um aviso prévio, então foi reclamar com o sindicato. Isso os levou a marcar uma sessão para arbitragem, o que causou mais trabalho para minha esposa. Ela teve que fazer uma longa viagem para lidar com esse problema, que geralmente é tratado muito rapidamente. Se não fosse pela minha esposa, as coisas poderiam ter sido diferentes.
Ela descobriu que havia mais de uma câmera instalada na loja. Então a reunião começou e, embora ele seja maior de idade, o cara trouxe sua mãe. Ele então passou a dizer que não ouviu ninguém chamando por ele. Minha esposa diz a ele que há alto-falantes nos fundos da loja, onde ele estava. Ele afirma que nunca esteve lá. Depois que ele cavou seu túmulo, minha esposa mostrou a todos o vídeo em que ele estava beijando uma mulher durante esse período inteiro, na parte de trás da loja. Curiosamente, sua namorada também trabalha na loja, e não era ela quem estava com ele no momento. Ele decidiu se demitir, e sua namorada o deixou no mesmo dia.
ESCOLHENDO AS PALAVRAS CERTAS

Aprendi a escolher minhas palavras com mais cuidado nos anos 80, quando o RH me chamou. Eu tinha uma equipe de quatro homens e duas mulheres e era o supervisor. Durante nossas reuniões matinais, eu cumprimentava todos dizendo “Ei, caras!”
Bem, recebi uma reclamação porque as mulheres se sentiram ignoradas pelo meu modo de abordar a todos. Desde então, eu uso “Ei, pessoal!”
PROTEGENDO A CENA DO CRIME

Meu parceiro está lidando com algo hilário na equipe de RH da empresa. Um dos funcionários decidiu fazer o ‘número dois’ no local de trabalho. A reclamação que meu parceiro recebeu tinha até as medidas do ‘negócio’ e as pessoas estavam pedindo testes de DNA.
Ele não consegue entender por que as pessoas mediram as fezes do funcionário. Eles devem achar que é possível descobrir quem fez.
ELE NÃO TEM MEMÓRIA EIDÉTICA

Não só recebi uma reclamação, como também fui demitido. Eu usei um serviço temporário para conseguir empregos aqui e ali. Quando eu estava no meu caminho para o meu novo emprego, eles me ligaram e me disseram que eu tinha sido demitido. Segundo a empresa, eu era sorrateiro e escrevia tudo. O problema era que apenas havia estado lá por quatro dias e estava no meio do treinamento. Eu só queria ter certeza de que não perdi nada. Como muitas vezes me inclino quando escrevo, eles não conseguiam ver minhas palavras.
O que realmente me irrita é que eles nem me perguntaram o que eu estava escrevendo ou mencionaram nada antes. Perdi meu salário.
CONSCIÊNCIA PESADA

Fui eu quem chamou o RH por isso. Um dos computadores era para todo mundo usar e, um dia, algumas das meninas reclamaram comigo. O computador tinha um vírus e exibia vídeos inadequados quando eles ligavam o dispositivo. Decidi investigar e ver as imagens da câmera de segurança. Bem, minha surpresa foi imensa quando vi um dos supervisores assistindo a vídeos inadequados durante o turno da noite. Isso era inaceitável, é claro.
Notifiquei o RH e nos encontramos com ele. Ele não se deu ao trabalho de negar, embora tentasse dizer que a coisa toda não era tão ruim assim. Não dissemos nada, e o funcionário do RH apenas o encarou. Depois de alguns minutos, ele apenas disse que tinha entendido que foi demitido. Ele foi embora logo depois.
SEM XINGAMENTOS, POR FAVOR

Eu tinha um registro estelar no trabalho. É por isso que todo mundo ficou surpreso quando o RH me chamou. Por acaso, eu tenho conhecimento do funcionamento da fábrica, já que estou lá há tanto tempo. Um dia, a supervisora ​​estava dando algumas instruções aos novos funcionários. No entanto, ela tinha uma pergunta sobre algo e tentou chamar minha atenção acenando para mim. Não pude ir até ela porque estava fazendo uma configuração difícil e tentando não me machucar no processo, já que são máquinas pesadas. Quando terminei, ela me ligou dizendo “Ei, velhote”. Decidi entender como uma piada, já que ela tem 25 anos, mais ou menos. Eu verifiquei duas vezes se ela estava se referindo a mim e, quando ela confirmou, ela me perguntou onde algo estava localizado. Enfim, eu respondi a ela “na prateleira de cima, gordona”.
Bem, acabei no escritório de RH com um representante do sindicato. O cara do RH disse que ficou surpreso por ter que me aconselhar a tratar as pessoas com respeito. Eu nunca tive problemas, por isso foi um pouco desconcertante. É claro que, na denúncia, ela não havia comentado o fato de ter me chamado de velho. Então, quando eles me perguntaram, eu disse a eles. Afinal, até onde eu sabia, essa era uma nova política. Estávamos apenas nos chamando por adjetivos verdadeiros, sou velho e ela é gorda. Eles chamaram o supervisor e um dos novos caras que ela estava instruindo. Eles corroboraram tudo, mas ela disse que achava que meu apelido era muito pior do que o que ela havia dito. Para encurtar a história, o cara e eu voltamos ao trabalho e ela foi demitida. Foi o representante do sindicato que sugeriu a demissão e o RH concordou.
O NINJA DO BANHEIRO

Esse drama aconteceu porque só havia um banheiro para os homens. Um dos funcionários reclamou que havia alguém que usava o local antes dele e o deixava fedorento. No entanto, a maneira como ele retratou fez parecer que o cara estava fazendo de propósito. Não temos ideia de quem passaria por todo o trabalho de entrar furtivamente no banheiro bem rápido antes dele, apenas para deixar um presente fedorento.
Não vimos ninguém vestido com roupas ninjas para conseguir esse feito. E depois que adicionamos uma lata de purificador de ar, o cara reclamou que quem ia antes dele não a usava. Bem, nós tentamos.
TODOS SABEM QUEM ELE É

Meu chefe me deu uma carta manuscrita uma vez com um olhar desconcertado no rosto. Uma de nossos funcionárias havia escrito, e então ela entrou em seu escritório enquanto ninguém estava lá para entregá-la. Segundo a funcionária, havia um ambiente de maus-tratos no escritório porque o chefe deixava o local para realizar tarefas pessoais. A carta foi escrita como se ele passasse o dia todo fazendo compras quando, na realidade, ele pedia folga do escritório uma vez por mês. Além disso, ela criticou a licença de uma semana do chefe durante o Natal. Ela disse que era injusto ela só ter três dias.
Liguei para ela para uma reunião e tentei explicar algumas coisas básicas. Como o fato de ele ser o dono de toda a empresa, ele pode sair do escritório sempre que quiser. Além disso, ele geralmente trabalha durante os fins de semana e noites, algo que ela não é obrigada a fazer. E o Natal foi as primeiras férias que ele tirou em oito meses. Enquanto isso, todos temos 28 dias durante o ano. Ela ainda estava indignada e continuou alegando que também merecia uma semana de folga no Natal, porque seu chefe tinha esse tempo. Eu registrei a queixa absurda, mas soube depois que ela havia contado uma versão diferente da nossa conversa. Ela não durou mais um mês.
COMIDA NO ESCRITÓRIO

Sou responsável por qualquer coisa relacionada ao RH na empresa. Nunca esquecerei uma dos funcionárias, que estava sempre lanchando enquanto trabalhava. Não temos políticas rígidas sobre o assunto e não foi um problema desde que ela fizesse seu trabalho. No entanto, as coisas começaram a ficar problemáticas rapidamente. Ela costumava ter comida entregue direto na mesa e não tinha uma dieta saudável, de tacos de café da manhã a comida chinesa e pizza, era comida chegando o dia todo. Ela estava começando a ter dificuldade para trabalhar porque passava o dia inteiro comendo!
Eu não tinha certeza se deveria falar algo a ela. No entanto, a gota d’água foi o dia em que ela veio trabalhar com um  Instant Pot. Ela simplesmente ligou e cozinhou ali mesmo no trabalho. Ela assou carne de porco com molho de churrasco no meio do escritório. Eu tive que fazer algo. Então, eu gentilmente a chamei e avisei que seu comportamento era extremamente pouco profissional. O choque em seu rosto era real demais para ser falsificado. Ela alegou que não havia nada nas regras que dizia que ela não poderia trazer uma churrasqueira. Pelo menos ela obedeceu e não fez nada parecido novamente.
TARTARUGAS SÃO TABU AGORA

Alguém me chamou de RH pela razão mais estranha. Alguns de meus colegas são estrangeiros, e geralmente nos perdemos na tradução. Uma vez, um dos meus colegas de trabalho estava explicando sobre um prato que ele gostava de comer e que tinha arraias. No entanto, ele não sabia a palavra para arraia, então ele tentou desenhá-la no meu caderno para me permitir entender. Em vez de escrever arraia, ele escreveu a palavra tartaruga. Sinceramente, não entendi se o seu prato favorito tinha tartarugas ou arraias, mas parecia um plano de refeições muito diferente do meu. Portanto, não consegui apontá-lo para onde ele poderia encontrar carne de arraia aqui.
Não foi isso que trouxe a reclamação do RH. Por acaso, uma senhora olhou para o meu caderno e chegou a conclusões absurdas. Ela me denunciou dizendo que eu estava escrevendo sobre ela no trabalho. Além disso, ela continuou dizendo que a palavra tartaruga era eu a chamando devagar como uma tartaruga, e a arraia significava que eu queria socá-la. Não entendi direito, mas ela tinha muita imaginação. Meu chefe me pediu para nunca dizer a palavra tartaruga no trabalho, para evitar ofendê-la. Essa é uma das coisas mais estranhas que já enfrentei.
MELHOR ESCONDER A CARNE

Alguém reclamou de mim no trabalho, e eu tive que perder horas da minha vida para lidar com isso.
Meu chefe me chamou porque eu fazia meu hamburguer especial no micro-ondas do trabalho.
Eu sei que não é o melhor para minha nutrição, e eles não são super deliciosos, mas é isso que eu faço.
Já fazia mais de um ano desde que eu comecei a fazer isso quando meu chefe me chamou. Eu sabia que ela tinha achado a coisa toda engraçada, mas ela tinha que estar séria enquanto falava comigo.
Ela me disse que algo que as pessoas achavam problemático era trazer carne crua para o trabalho e me perguntou por que eu não a cozinho em casa e apenas aqueço aqui.
No entanto, eu gosto da minha carne crua, então a reclamação não fazia nenhum sentido para mim.
Além disso, tomo constantemente o cuidado de cobrir o hamburguer quando o coloco micro-ondas, além de deixá-lo sempre limpo logo depois.
E eu sempre trago minha carne em um saco plástico dentro de uma Tupperware rotulada com meu nome.
Quando expliquei tudo isso, ficou claro que ela percebeu o absurdo da reclamação.
No final, ela apenas decidiu comprar uma tampa para o microondas para eu usar.
GANSOS MALUCOS

Temos a sorte de ter um pequeno lago em frente ao nosso prédio. Muitos funcionários gostam de dar uma volta ao redor para clarear suas mentes um pouco. É um ótimo uso do tempo de intervalo. Além disso, no lago há animais, como patos e gansos. No entanto, os gansos são bem conhecidos por ficarem muito defensivos às vezes. Bem, por acaso, um dos funcionários caminhou perto dos gansos e um deles o perseguiu e o beliscou todo o caminho.
O cara decidiu registrar uma queixa e disse que queria que cuidássemos dos gansos. Para começar, não controlamos o que acontece com o lago. Além disso, há algo chamado direitos dos animais. Eu apenas disse a ele para não andar perto dos pássaros e o problema foi resolvido.
TRAZENDO A ESPOSA PARA TRABALHAR

Algumas funcionárias se queixaram do gerente. Aparentemente, ele era muito prático e fazia com que se sentissem desconfortáveis ​​com sua atitude em geral. O gerente decidiu que pediria à esposa que viesse ao trabalho. Dessa forma, ela poderia conversar com essas mulheres, pois ele achava que elas a entenderiam melhor. Ele queria que ela explicasse que ele não era uma pessoa ruim, apenas muito atencioso.
Eu nem sabia como reagir. Quando recebi mais uma reclamação, desta vez sobre essa última mudança de eventos, fiquei chocado. Eu tive que explicar a esse cara, que supostamente havia estudado, por ser gerente, que isso simplesmente não podia ser feito. Ele não podia forçar as pessoas a falar com sua esposa, ela nem trabalha aqui. A situação toda simplesmente me impressionou.
O JANTAR QUE DEU ERRADO

Decidi convidar os funcionários da empresa para jantar. Eu pensei que seria uma coisa legal de fazer por eles. Tive uma surpresa desagradável quando recebi um e-mail de meia-noite mais tarde naquele dia. Um dos funcionários se dirigiu a todos para nos informar que ela estava com dor de estômago, e que eu deveria ligar para o restaurante e reclamar. Eu nunca pretendi que isso se tornasse um problema de saúde para ninguém.
The post FUNCIONÁRIOS DE RH CONTAM AS PIORES RECLAMAÇÕES QUE JÁ RECEBERAM NO TRABALHO appeared first on Game Of Glam.

Written by

admin